no

São João: origem da festa junina

São João
São João

É dia de São João e nós sabemos que o brasileiro ama festa junina. Entretanto, nós já estamos há dois anos sem poder celebrar essa data. Afinal, a pandemia não permite. Mesmo assim, a festa junina continua sendo uma tradição. Você conhece sua origem?

Existem alguns elementos que são característicos da festa junina. A primeira coisa que sabemos é que é dia de São João. Portanto, pensa-se que se trata de uma celebração religiosa. 

Além disso, quando chega o mês de junho nós logo pensamos em comidas típicas. Por exemplo: cocada, curau, pamonha, paçoca e tantas outras delícias. 

Mas será que esses símbolos fazem parte da festa desde sempre? 

A origem da Festa Junina

A festa junina tem tanto a cara do Brasil que parece impossível aceitar que ela não tenha sido criada em nosso país. Entretanto, historiadores afirmam que a origem da celebração aconteceu na Europa. 

Além disso, também é preciso deixar claro que, em seus primórdios, tratava-se de uma festa pagã. 

As antigas sociedades européias tinham celebrações da passagem das estações do ano. Elas eram chamadas solstícios. Como bem se sabe, na Europa o verão começa no mês de junho e, portanto, essa festa  era a celebração da chegada da estação mais quente do ano!

As pessoas aproveitavam esse momento para celebrar a vida. A fartura de alimentos sempre foi marca da festa. Isso era propiciado pelo período de colheitas. 

Inclusive, deuses conhecidos por sua fertilidade como Afrodite e Adonis eram evocados, lembrando que aquele era um momento propício para a colheita e também para a reprodução humana. 

Como São João entrou na história?

Essa parte da história começa com o crescimento da Igreja Católica. A religião se espalhou por toda a Europa, mas precisou de estratégias para conseguir eliminar o paganismo e se instaurar como única religião verdadeira. 

Leia também: Carnaval: origens e história no Brasil

Por isso, o calendário religioso incorporou muitas festas. Sendo assim, ficou definido que as festas realizadas em junho seriam uma celebração dos santos cujos dias de comemoração ficaram estabelecidos para o mesmo mês. 

Em junho a Igreja Católica celebra três santos: Santo Antônio (13 de junho), São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho) .

A chegada ao Brasil

As festas juninas faziam muito sucesso em Portugal e na Espanha. Por isso, por volta do século XVI, os colonizadores das Américas trouxeram a celebração para seus colonizados. Aqui no Brasil, a festa passou por um processo de adequação, quase uma reinvenção, apesar de nós mantermos muitas características que são, inclusive, da festa original e pagã. 

Por exemplo, a festa pagã tratava do momento propício para a reprodução. O que é uma festa junina sem um casamento? E quem é o santo casamenteiro senão santo Antônio?

 Além disso, a festa aqui também é conhecida pela fartura de alimentos. Quem não ama comer pamonha, curau, paçoca e pipoca nessa época do ano?

Fontes 1 e 2

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Podcast: uma nova forma de entretenimento

Cringe: Entenda a expressão que tomou conta da internet