no

Romance Virtual sem estresse

Dia dos namorados com romance virtual
Romance virtual sem estresse!
[Fonte: Foto por freestocks em unsplash.com]

Encontrar a cara metade é uma busca feita por muitas pessoas pelo mundo. Ter uma companhia, alguém com quem compartilhar o dia-a-dia, gargalhar e assistir um filme são coisas simples e bonitas que começaram a ter cada vez mais valor na vida das pessoas, sobretudo após a pandemia do covid-19.

A solidão da pandemia gerou uma grande mudança de perspetiva na vida das pessoas e não só no Brasil, mas no mundo inteiro. A internet facilitou a vida da pessoa em muitos aspetos – inclusive na forma de se relacionar e na hora da procura por aquele alguém especial. As redes sociais e aplicativos surgiram como uma nova alternativa para conhecer o par ideal e também facilitou a vida de quem tem relacionamentos à distância, sejam eles amorosos, familiares ou de amizade.

Mas, no que se refere ao romance virtual, muitas são as dificuldades, desde dar o primeiro passo em direção ao encontro, ultrapassar também potenciais maus comportamentos da pessoa com quem conversa, como o ghosting, o que é uma grande desilusão. Aqui vamos dar algumas dicas para ter um romance virtual sem estresse.

Escolher bem a plataforma

São muitas as opções de sites e aplicativos disponíveis para o romance online. Existe um site que avalia, compara e recomenda diversos sites/apps de encontros online para as pessoas em busca do amor e chama-se Lovinos. Uma pesquisa atenciosa aos melhores sites é algo que merece certo tempo, porque muitas são as ofertas, mas também há muitas plataformas que são fraudulentas e com diferentes objetivos para diferentes públicos. Portanto, é bom conhecê-los.

Conhecer bem a pessoa do outro lado

Antes de qualquer coisa, converse bastante e tenha o máximo de informação da outra pessoa para evitar também golpes online. Investigue redes sociais para saber se é uma pessoa real, com amigos reais e não um perfil falso que quer tirar vantagem das pessoas… afinal, não dá para se envolver com um completo desconhecido, certo?

Conquistar a confiança

Após angariar as informações, o ponto da confiança é válido para os dois. A confiança é algo muito importante quando duas pessoas estão se conhecendo. Um precisa confiar no outro para que a relação avance, sobretudo porque vocês só se conhecem através de uma tela. Com o tempo, a intimidade e uma boa conversa tornarão as coisas bem mais simples e fáceis de acontecer. E quando se tem afinidades e pontos em comum é melhor ainda. Na verdade, é essencial!

Pé no chão

É uma questão essencial ter os pés no chão para um romance virtual. Segundo o estudo do Centro de Estudos das Relações de Longa Distância, dos Estados Unidos, disse que 73% é a chance de um namoro online dar certo. E o critério para “dar certo”, foi durar mais de 6 meses. Nos EUA, mais de 7 milhões de casais têm uma relação que sobrevive graças às tecnologias. Então são muitas as chances, mas também muito pode acontecer desde o match até o primeiro encontro, se ele acontecer. Então é recomendado ir com calma e não criar muitos cenários.

Outra situação que tem acontecido muito é o ghosting. Este termo em inglês, palavra derivada de ghost (fantasma) vem ganhando popularidade nos últimos anos e foi eleito como uma das palavras de 2015 pelo dicionário britânico Collins. Muitas mulheres, sobretudo, começam conversas com homens que de repente somem. Acabar uma conversa ou até um relacionamento da noite para o dia, cortando todo tipo de comunicação, não é novo. Mas muitos especialistas mencionam que as novas tecnologias tornaram esta prática mais comum. Então, cabeça para cima e siga em frente. E pés no chão!!!!

E o encontro?

Depois de todas as dicas anteriores, finalmente acontecerá o encontro, e aí? Escolha um local público e aconchegante para os dois terem uma boa conversa, deixe a vergonha de lado e combine uma programação legal. Aproveite e boa sorte 😉

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Os cafés mais caros (e estranhos) do mundo

parar de fumar

Parar de fumar: como lidar com a abstinência