no

RBD – 5 vezes em que o “ao vivo” foi melhor do que “em estúdio”

RBD
RBD

RBD volta aos streamings

A banda mexicana RBD voltou para as plataformas de streaming para melhorar 2020. Isso claramente deixou os fãs muito felizes – eu me incluo nessa. A maior  prova disso é o fato de que a banda está em várias listas das mais ouvidas do Spotify. Mas cadê os discos “ao vivo”?

Sejamos honestos, RBD em estúdio é muito bom. Entretanto, há muita diferença quando a banda está ao vivo, especialmente pelo fato de que no primeiro CD gravado em estúdio alguns participantes – como Maite Perroni – quase não têm destaque. 

Além disso, os shows são sempre muito animados e, consequentemente, essa energia é transmitida para os álbuns. Por isso, algumas canções eu recomendo que você continue ouvindo no YouTube, com a versão ao vivo. 

Olha que eu nem estou comentando das músicas que só possuem as versões ao vivo. Afinal, sofram fãs de RBD ao se lembrar que “No Pares” e “Quiero Poder” não estão em nenhum CD. 

1 – Rebelde – versão em português – RBD Live in Rio

O título dessa versão ficou RBD Rock Version. Eu não diria que é bem rock, mas essa edição tem tudo o que um DVD pode ter para chamar atenção. A banda de apoio é boa, os seis integrantes estão bem animados e o público perto de ir à loucura.

Além disso, nós podemos somar os fogos de artifício e a entrada da escola de samba de Padre Miguel. Portanto, por mais que seja um exagero utilizar o termo “rock”, é de se admitir que ficou bem incrível.

2 – Un poco de tu amor – Tour del adiós

Un poco de tu amor é uma música presente no coração de todo fã do RBD. Por isso, quando a música começa na Tour del adiós e você escuta os gritos do público, é fácil sentir que você é parte do show, mesmo que, na verdade, você esteja no ônibus. 

Sentir isso depois de 11 anos não é fácil. Portanto, essa versão definitivamente precisa estar nessa lista.

3 –  I wanna be the rain – Live in Madrid

Por mais que “Tu amor” tenha sido a canção escolhida para single do álbum em inglês, não tem canção desse álbum que sejam melhor ao vivo do que “I wanna be the rain”. É curioso que a música já havia sido lançada antes em espanhol “Quisiera Ser”, entretanto, esta quase não é lembrada por muitos fãs da banda.

Além disso, há o começo da música, cantada “a capella” e capaz de fazer qualquer pessoa se arrepiar.

4 – Solo para ti – Live in Rio

Solo para ti não era a música mais conhecida do segundo álbum do grupo “Nuestro Amor”. Entretanto, a roupagem mais “brasileira” deixou a música muito mais marcante.

A coreografia e a presença da banda ao vivo realmente levaram a música a outro nível. Por isso, por mais que ela esteja presente em quase todos os shows da banda, a versão do DVD gravado no Rio de Janeiro é, para mim, a melhor. 

5 – Empezar desde cero – Live in Brasilia

Título do quarto álbum em espanhol e música principal, “Empezar desde cero” é incrível em estúdio e ao vivo. Por ser um dos álbuns do RBD com melhor técnica não acho que seja um dos que possui uma grande diferença entre as duas experiências. Entretanto, talvez esse seja um dos motivos principais para tornar a música em um show ainda mais incrível, afinal são poucas as bandas que não sofrem com perdas de qualidade ao sair do estúdio. 

E vocês o que acham? Quais as melhores músicas do RBD e quais as que possuem o melhor ao vivo?

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Loucos por gatos: pratos decorados purfeitos para deixar as refeições mais divertidas

Policial Militar FLUTUANDO – Origem do Meme