no

O último homem de Fukushima

Quando o tsunami decorrente de um terremoto atingiu a região de Fukushima em 2011 e causou danos surreais na usina nuclear, todos os moradores da região precisam sair de suas casas às pressas, com a ideia de que logo poderiam retornar. Levaram apenas o que caiba em uma mala – ou nem isso – deixando pra atrás bens materiais e o mais triste de tudo, seus animais. (alguns até presos em correntes)
Mas nem tudo estava perdido, nosso herói Naoto Matsumura resistiu a radiação forte da cidade e permaneceu para cuidar de todos os animais abandonados. Gatos, cachorros, gado, porcos, patos, galinhas e até avestruzes.

15
O agricultor de 55 anos é o único homem que ainda vive na zona de exclusão em torno da usina, e o único que alimenta centenas de animais diariamente para que não morram de fome e sede. Ele também se alimenta de comida desidratada e aparentemente vive bem assim.

Hoje, 4 anos depois da tragédia, Matsumura continua lá, firme e forte, recebendo doações de todos os lugares do mundo, já que a água e os alimentos da região estão contaminados.
“Eu me acostumei com a radiação. Além do mais, eu nem consigo enxergá-la. Outras pessoas que vêm aqui temporariamente também pararam de se preocupar com isso… Eu tenho certeza que, se vocês vierem para cá mais algumas vezes, vão parar de ligar. Mas os contadores Geiger nunca param, por isso, se você anda com um, fica preocupado. É por isso que eu não ando com um desses. Mesmo se eu tivesse, não iria usar.”, ele disse em uma entrevista.

11 10

9 2 4 3 5 6 13 12 7 8 1 14

O que você acha?

Written by Ana Soares

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Senhoras e senhores com suas estilosas tatuagens

X-AVC da Maçã Invocada [107]