Followers

Mulher com medo de cães adota cachorro com medo de pessoas

22 abr, 2020
6180 Views

Às vezes para superar nossos medos, precisamos enfrentá-los- ou adotá-los, como o caso especial que vamos contar para vocês hoje.

Esta mulher com medo de cães adotou um cachorro que tinha medo de pessoas, e a história é acolhedora!

medo de cães

Algumas situações em nossas vidas podem ser realmente traumáticas. Certas experiências ruins acabam marcando nossa personalidade e, em alguns casos, se tornam fobias muito difíceis de lidar.

Recentemente, a usuária da rede social TikTok @ketophoria, cujo nome real é Teresa Hwang, compartilhou sua emocionante história de amor que é maior do que qualquer medo.

O vídeo já foi visto por mais de 1,6 milhão de pessoas e ganhou 457 mil curtidas em apenas alguns dias. Esta repercussão tem aumentado diariamente, e é uma lição sobre superar traumas e ajudar outra vida a fazer isso também.

Os traumas

Teresa é professora de Educação Especial da escola primária de Oakville, no Canadá, e tinha histórias bem ruins com cães.

Quando tinha apenas 10 anos de idade, Teresa foi mordida na testa por um cachorro. Alguns anos mais tarde, ela foi atacada novamente, desta vez na perna.

Depois deste histórico ruim com os cães, ela acabou desenvolvendo um medo incontrolável deles, e isso durou uma boa parte de sua vida. “Atravessava as ruas para evitar passar por cães e pedia aos amigos que visitava que colocassem cães hiperativos ou latindo em outras salas”, disse ela.

No entanto, com o tempo Teresa passou a se controlar melhor, e interagir com cães mais amigáveis, que se familiarizava independente do tamanho ou da raça- mas sempre entrava em pânico se eles latissem ou rosnassem, mesmo que estivessem apenas brincando.

Tudo isso até conhecer Boo, um cão de abrigo que tinha medo de pessoas.

Um ajudou o outro no processo de perder seus medos

Nesses dois últimos anos, os dois tiveram que dar pequenos passos e se cercar de paciência e amor incondicional para ganhar confiança e desenvolver uma amizade como nenhuma outra.

O começo foi difícil para os dois. Boo não comia perto de seus novos donos, não se sentia confortável e preferia manter uma distância segura. Mas com muita paciência e respeitando o espaço do animal, Teresa conseguiu fazer com que ele confiasse nela e com isso ela também aprendeu a confiar nele!

“Às vezes, ainda não consigo acreditar que tenho um cachorro, muito menos amo tanto quanto amo Boo. Eu digo às pessoas que ele é como o filho que eu nunca tive.”

“Eu não o amo apenas porque ele me ama e precisa de mim. Eu o amo por quem é, exatamente como ele é, por tudo que ele superou e pela alegria que trouxe em minha vida “, disse Teresa Hwang.

@ketophoria“Change is the essence of life; be willing to surrender what you are for what you could become.” ~ Reinhold Niebuhr ##rescuedog ##dog ##furbaby ##doglove

♬ Surrender – Natalie Taylor

Eles melhoraram 100% seus traumas?

Boo ainda se sente desconfortável perto de pessoas desconhecidas. Mas a convivência com seus donos pacientes e amorosos trouxe a confiança que eles precisavam!

“As pessoas também perguntam se eu superei a fobia de cachorros. Bem, não tenho medo de Boo, mesmo quando ele late ou rosna para comunicar excitação ou desconforto. Mas ainda estou nervoso com outros cães que não conheço. Mas é melhor. E eu sei que se um cachorro viesse atrás de Boo, eu o protegeria. Porque Boo não é o único que mudou. Ver Boo curar e crescer mudou a maneira como eu me vejo. Assim como com meus próprios filhos, cuidar de Boo me ensinou paciência e amor incondicional. ”

Não é uma história linda?

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.