Followers

Monopoly para “millennials”- um lançamento polêmico

27 nov, 2018
128 Shares 1949 Views

O Monopoly é um dos jogos de tabuleiro mais reconhecidos mundialmente. Você deve pelo menos ter ouvido falar.

Recentemente eles lançaram uma versão bastante polêmica que tem gerado muitos comentários opostos na Internet. O “Monopoly Millennial” traz mudanças drásticas no clássico.

 

Na nova versão, em vez de ganhar dinheiro, o jogador ganha experiência e, em vez de comprar ruas ou países, realiza alguns dos planos e atividades de que essa geração mais gosta, como tomar um café artesanal, comer em um restaurante vegano, ver a sorte no tarô…

Muitas pessoas que estão por faixa etária dentro da geração millennial mostraram seu descontentamento nas redes sociais, não por causa do jogo em geral, mas em razão de seu slogan: “Esqueça o patrimônio imobiliário. De qualquer forma, você não pode se permitir”.

As fichas, que costumavam ser objetos aleatórios, agora também estão relacionados ao mundo “millennial”, por isso você pode encontrar óculos de sol, uma bicicleta vintage, o símbolo da hashtag ou uma câmera antiga.

Este novo jogo tem 16 cartas de destino, 16 de sorte e 16 de pagamento. Estas últimas não são mais impostos reais como nas edições anteriores. Agora será sua vez de pagar por atos como: procurar trabalho na internet e acabar vendo vídeos por horas, usar mais de 46 emojis em um único texto, ter um aumento suspeito de seguidores em redes sociais ou vender o casaco vintage de sua avó. Você também pode ganhar experiência graças a fatos como: seu blog atingiu um milhão de visualizações, você encontrou o amor por meio de um aplicativo de celular ou tem um quarto emprego.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.