no

Mafalda – sua origem e algumas tirinhas

mafalda
mafalda

A Mafalda é uma das personagens mais conhecidas do mundo. Criada na Argentina no ano de 1964, suas tirinhas foram escritas até 1973. Mesmo assim, ela continua representando a sociedade e presente no nosso cotidiano. Vamos conhecê-la melhor?

Mafalda foi criada por Joaquín Salvador Lavado Tejón, mais conhecido como Quino – nome com o qual ele assinava suas obras. Infelizmente, o artista morreu ontem, dia 30/09/2020. Mas acredito que ele seja um imortal. 

Não é por nada que digo isso, mas você já percebeu como a Mafalda sempre surge na internet? Ela é tão presente que parece que suas tirinhas estão sendo produzidas até hoje. Mas não é assim. 

Mafalda já não é mais produzida há anos. A questão é que a menina sonhadora da década de 60, membro da classe média, meio filósofa e frequentadora da escola, nunca deixou de ser atual.

A origem de Mafalda

Mafalda foi criada de uma forma muito inusitada. Quino foi contratado para fazer uma campanha publicitária de eletrodomésticos da marca Mansfield. Para isso, ele criou algumas tirinhas nas quais todos os personagens começavam com M. 

No ano seguinte, Quino foi convidado para fazer algumas tirinhas para o “Primera Plana” e se lembrou daqueles personagens da publicidade. Era para ser uma diversão no meio de uma edição do jornal. Mal sabia ele que Mafalda se tornaria um sucesso traduzido para 26 idiomas. 

Mafalda é um símbolo da luta por igualdade social. Inclusive ela foi tão incorporada ao movimento feminista – especialmente o argentino – que no final deste ano será lançado um livro só com tirinhas feministas

Uma criação para adultos

Por seu formato e suas imagens, muita gente confunde Mafalda como uma história para crianças. Assim como “A turma da Mônica”. Entretanto, isso só demonstra desconhecimento da história da Mafalda. 

É claro que possível ler suas tirinhas com uma criança, especialmente se você quer educar o seu filho falando sobre justiça e igualdade social. Entretanto, não é o tipo de história que uma criança pode compreender sozinha. 

Mafalda é apenas uma menina que tem em torno de 6 anos. Mas todas as suas reflexões filosóficas estão muito além de sua idade.

Um país em plena ditadura

Talvez você já saiba – ou tenha percebido pelas datas – que a Mafalda foi criada durante a ditadura militar argentina. A repressão do nosso vizinho foi uma das mais violentas da América Latina e contra a qual Quino lutou arduamente – tanto que ele foi exilado. 

A personagem e seus familiares era sempre alegorias da situação que o país estava enfrentando. Por isso, suas tirinhas são feitas para adultos e este também é o motivo principal que leva a menina a tantas reflexões. 

As tirinhas de Mafalda

Não poderíamos encerrar este post sem ver algumas tirinhas da Mafalda. Por isso, vamos nos lembrar de algumas bem emblemáticas. 

Muitas das tirinhas da personagem são sobre sopa. Isso é uma grande alegoria para a ditadura militar. Como o próprio Quino definiu, a sopa era – bem como a ditadura – “algo que ela não gostava, mas que tinha que suportar”.

Mafalda e sopa

Com relação ao mundo como um todo, a menina também teve muito o que falar. Afinal, em um espaço com governantes que não se importam com a população, como ela poderia se refutar a falar?

Mafalda e o mundo

Como eu disse, a personagem também é muito feminista. Por isso, suas tirinhas fizeram questão de lembrar que as mulheres seguem sendo oprimidas no mundo. Inclusive, para muitas o casamento é o fim de suas liberdades individuais.

Mafalda feminista

E para o futuro, ela espera o mesmo que todos nós!

Mafalda e o futuro

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Chaves Metaleiro – Origem do Meme

4 Métodos de organização para otimizar a vida