no

Lendas sobre plantas brasileiras que você com certeza não sabia

O Brasil é um país muito rico em sua cultura. E junto dessa riqueza cultural temos as lendas, que são histórias contadas e passadas de geração pra geração muitas vezes de forma oral.

Era um costume criar essas histórias fictícias, que chamamos de lendas, para explicar a existência de animais, plantas e fenômenos da natureza.

Aqui nas terras brasileiras não faltam lendas, mas hoje decidimos separar lendas que contam a “história” de algumas plantas da flora brasileira. 

Vitória-Régia

Essa planta bela tem uma lenda de igual beleza.

Conta-se que em uma aldeia acreditavam que todas as estrelas do céu eram índias, as mais bonitas, levadas pela lua, que era um grande guerreiro, para lhe fazer companhia no céu.

E então todas as índias da aldeia gostavam de subir nas árvores para admirar a lua e sonhar com o dia que seriam levadas para o céu  junto dela.

Certo dia, uma das mais belas índias da aldeia subiu em uma árvore e se distraiu tanto olhando a lua que acabou caindo e se afogando no rio.

Com muita pena, o grande guerreiro da lua, decidiu a transformar na mais bela e perfumada flor das águas.

E assim, nasceu a vitória-régia, a flor que recebe a mais intensa atenção e carinho da lua.

Erva-mate

Esta erva que é conhecida por trazer disposição, também tem sua lenda de origem dentro de uma aldeia. Um velho guerreiro vivia triste, pois estava fraco e já não podia mais ir para guerra.

Muito paciente, a filha do velho guerreiro se dedicava em cuidar dele e se abdicou de casar para seguir na companhia do pai.

Um dia, os dois receberam um visitante que acolheram com muito carinho.

Esse visitante até então desconhecido veio a se revelar como um mensageiro do deus Tupã e disse aos dois que realizaria qualquer desejo como forma de agradecimento pela hospedagem.

O velho índio guerreiro então pediu que voltasse a ter disposição e força para que assim sua filha não precisasse mais se dedicar a ele e pudesse se casar.

O mensageiro de Tupã deu ao velho guerreiro um galho da árvore Caá e lhe ensinou a preparar uma infusão que iria lhe devolver toda sua força e disposição.

E não só isso, como também transformou a filha do índio em deusa dos ervais e protetora de sua aldeia.

Assim, a erva mate foi usada por todos os guerreiros da tribo os deixando mais fortes e segue sendo usada até hoje para termos mais energia e disposição. 

Guaraná

Essa planta que é que é quase um símbolo brasileiro não tem uma lenda muito feliz.

Dizem que existia um pequeno índio que era muito querido por toda tribo e que era visto quase como um amuleto, tamanha sorte e proteção que ele trouxe para sua tribo.

Certo dia um deus do mal, irritado com toda alegria que o indiozinho trazia para tribo, decidiu se transformar em cascavel e ferir o pequeno.

Toda a tribo entrou em desespero e muito tristes clamaram pela ajuda do seu deus, Tupã.

Então, Tupã respondeu ao clamor dos índios pedindo que plantassem os olhos do indiozinho porque deles nasceria uma planta que daria força aos mais novos e traria de volta o vigor dos mais velhos.

E assim fizeram, regando e cuidando por quatro luas, até que dali nasceu uma planta travessa como uma criança e com os músculos dos guerreiros da tribo, o cipó do guaraná.

Ao dar seus primeiros frutos, os índios puderam ver que a planta era de fato a multiplicação dos olhos do querido indiozinho. 

As lendas brasileiras são incríveis histórias que são capazes de nos encantar e conhecer elas pode ser uma experiência enriquecedora. 

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

10 pessoas sortudas com comida

Donos enfeitam a cerca onde cão coloca o focinho