no

Gato aparece na porta de um menino que havia recentemente perdido seu bichano e sua reação emociona.

Um menino viveu seus primeiros seis anos com um gatinho, quando ele morreu, ele ficou muito triste. Um dia, um gatinho apareceu na sua porta e a reação dele vai comover você.

Quando animais de estimação de crianças partem, é de partir o coração de toda a família, pois aquele ser ajudou a construir o que a criança é, não só fez parte da vida dele, o fez evoluir.

Como tudo começou;

Charlie, o gato, ficou ao lado de Jonathan (a criança) na maior parte de sua vida, pois logo quando nasceu, a  família achou uma boa ideia dar um gatinho para o bebê. E de fato foi uma ótima ideia, pois o gatinho além de trazer total felicidade ao bebê, era um verdadeiro “guardião”, pois não o deixava nem por um estante.

A parte triste da historia;

Infelizmente o destino acabou separando os dois, isso deixou Jonathan inconsolável, aquilo mexeu de fato com ele e sua família havia ficado com o coração partido com aquilo tudo. Foi aí que se passou algum tempo e Jonathan resolveu pedir outro gatinho á seus pais, porem essa seria uma decisão difícil, já que seus pais viram como ele ficou ao perder o gato e não queria ver algo parecido novamente.

A mãe e o pai resolveram esperar e para que o menino não ficasse magoado, eles disseram assim;

“­_Meu filhinho, quando chegar a hora, Charlie enviará um novo gatinho a você.”

O menino, mesmo com uma grande saudade do seu velho peludo, compreendeu e esperava ansiosamente a tal hora chegar.

A hora finalmente chegou, e Jonathan volta a sorrir;

Poucos meses depois da decisão de seus pais, a mãe de Jonathan estava em seu quarto de manhã quando olhou pela janela e percebeu um gato laranja em seu quintal, ela curiosa saiu da casa e se sentou em frente a sua porta, foi aí que o gato correu e pulou no colo dela (como se o gato já pertencesse a família). A mãe não pensou duas vezes e quando foi chamar Jonathan o gato se assustou com um carro que havia passado e fugiu.

A mãe depois ficou pensando sobre como aquilo fazia sentido com o que ela disse ao filho. E  então, alguns dias depois, o mesmo gatinho reaparece e a mãe logo avisa seu filho que se alegrou ao ver o gato de uma maneira surreal que emocionou seus pais.

Porem o gato tinha dono, mas calma, isso não é um final triste, ufa! Pois a dona do gato era uma velhinha muito bondosa que amou conhecer a historia de Jonathan e Charlie que decidiu dividir Garfield (nome do gatinho laranja) com Jonathan.

A historia não poderia acabar melhor, já que Garfield se divide em, alegrar sua doce velhinha e alegrar seu mais novo amigo, Jonathan.

Gostou? Eu aposto que vai gostar de: Gatinhos tentam ajudar seus donos a  montar quebra-cabeças.

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Trabalhadores contam as mais engraçadas historias ocorridas no ambiente de trabalho.

Gatinha levou seu pequeno filhote que havia machucado ao hospital, a procura de ajuda.