Followers

Estas esculturas assustam e surpreendem ao mesmo tempo

21 set, 2017
1530 Views

A escultura é uma das mais belas expressões da arte: elas nos fascinam e provocam reflexões sobre a beleza e sobre a visão de mundo presente em determinado local ou época.

E estas obras atraíram todos os nossos olhares por serem assustadoras e surpreendentes, seja por seu contexto ou história.

Será que você é capaz de manter-se alheio a elas?

“Beijo da Morte”, Barcelona, Espanha

O “Beijo da Morte“ é uma escultura instalada na tumba de um um jovem que morreu na década de 1930. Há um debate sobre sua autoria. Dizem que esta obra inspirou Ingmar Bergman no filme ”O Sétimo Selo”.

“Blue Mustang”, Denver, EUA

Por sua aparência tenebrosa, o “Blue Mustang“ foi apelidado de ”Blucifer“. Trata-se de uma estátua realmente perigosa. A obra possui um aspecto macabro: o cavalo “infernal” matou seu criador, Luis Jimenez. Durante o transporte da obra, a cabeça do animal caiu na perna do artista, atingindo sua artéria femural.

“Verdade”, Ilfracombe, Reino Unido

Com 20 metros de altura, a estátua de uma mulher grávida, obra de Damien Hirst, enfeita a localidade costeira inglesa. Se observamos a escultura pela esquerda, não notamos nada de incomum exceto a nudez. Mas do lado direito, a estátua foi talhada de forma a deixar expostos o bebê no ventre, os órgãos internos da mulher e seus músculos.

Parque de esculturas “Victor’s Way”, Wicklow, Irlanda

A ideia de criar esse parque surgiu de Victor Langheld após uma viagem à Índia, feita com o propósito de encontrar-se espiritalmente. De acordo com o projeto de Langheld, todas essas esculturas um tanto assustadoras devem convidar as pessoas a pensarem sobre a própria vida e seu verdadeiro propósito.

“Os bebês”, Praga, República Tcheca

As esculturas de David Cerny, que representam bebês gigantes sem rosto, não só “engatinham” pela torre de TV de Praga, mas também decoram (ou aterrorizam) o parque metropolitano de Kampa.

“Camada de consciência”, Salzburgo, Áustria

A “Camada de Consciência“, de Anna Chromý, é uma escultura que retrata o Comandante que matou Don Juan. Ela fica na entrada sul da catedral de Salzburgo. Vale ressaltar que a obra inspirou a criação de vários ”gêmeos”, instalados em diferentes cidades europeias.

“São Venceslau I da Boêmia montando cavalo morto”, Praga, República Tcheca

St Wenceslas sitting astride a dead horse

Mais uma vez, a criação de David Cerny pode ser contemplada neste monumento, que é uma paródia da escultura de São Venceslau sobre um cavalo, situada no centro de Praga. Inicialmente, foi colocada na mesma praça que o original, mas depois acabou sendo transferida para a Galeria Lucerna.

“Menino pendurado”, Gante, Bélgica

Infelizmente, é impossível saber a autoria dessa escultura tão incomum, que está pendurada numa parede de uma casa em Gante, Bélgica. Talvez por isso, a obra seja considerada tão misteriosa e assustadora.

Cemitério Monumental de Staglieno, Gênova, Itália

O cemitério foi aberto no meio do século 19: o primeiro enterro aconteceu em 1851. Staglieno tornou-se mundialmente famoso graças às esculturas colocadas nos túmulos.

Cemitério da Recoleta, Buenos Aires, Argentina

O cemitério mais famoso da Argentina foi construído na primeira metade do século XVIII. Lá, estão enterrados muitos famosos do país (como Evita Perón), e alguns túmulos possuem verdadeiras obras de arte.

“Homem pendurado”, Praga, República Tcheca

Outra criação de David Cerny, desta vez representando Sigmund Freud pendurado numa viga presa ao teto de um edifício. Super conhecida, a escultura fez até uma “turnê” por Chicago e Londres. Curiosamente, muitos acreditam que a obra representa Lênin.

Cemitério de Highgate, Londres, Reino Unido

O cemitério de Highgate é um dos mais lendários de Londres. Segundo rumores, na década de 1970 realizava-se caça de vampiros no local. E num dos túmulos jaz Jack, o Estripador, em pessoa.

Cemitério de Père-Lachaise, Paris, França

O cemitério de Père-Lachaise é o lugar para encontrar muitos túmulos de famosos, como Oscar Wilde, Honoré de Balzac e Frederic Chopin. A maioria dos monumentos presentes no local são verdadeiras obras-primas da escultura, por isso o cemitério está sempre cheio de turistas. Mesmo os parisienses costumam visitá-lo frequentemente. Se você for visitar, uma curiosidade: estão sepultados lá artistas e filosofos famosos, como Marcel Proust, Balzac, Oscar Wilde Edit Piaf e o cantor Jim Morrison, do The Doors.

Estátua do Apóstolo São Bartolomeu, Milão, Itália

Se você observar a estátua de São Bartolomeu de longe, não notará nada de incomum. Mas de perto, dá para ver que o “tecido” que cobre o corpo nu não é roupa, mas a própria pele do apóstolo.

Cemitério Monumental, Milão, Itália

Antigamente, o enterro no Cemitério Monumental era reservado às pessoas endinheiradas, que colocavam obras incríveis nos túmulos. Hoje, o local é um verdadeiro museu ao ar livre, onde é possível acompanhar o desenvolvimento da arte da escultura durante os últimos 150 anos.

 

 

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.