no

Essas simples mudanças de estilo de vida ajudarão a impulsionar sua imunidade

imunidade

Com a pandemia do Covid-19, o modo como lidamos com o tema da saúde foi trazido para o centro do debate público. Aspectos ignorados sobre a potencial transmissão viral que os hábitos cotidianos possuíam vieram à tona, nos sobrecarregando com práticas de higiene redobradas. E, no campo dos estudos científicos, as pesquisas sobre uma vacina contra o coronavírus tomaram lugar nas universidades mundo afora. Neste cenário de incertezas, garantir a precaução pode ser um importante passo para nos proteger dos ataques do vírus. Separamos a seguir algumas dicas preciosas sobre como aumentar o poder de imunidade do seu sistema biológico.

Dê vazão ao lazer

Já diria o filósofo Johan Huizinga em seu livro “Homo Ludens”, o homem só é completo quando brinca. A despeito do tom jocoso da frase, ela ilustra um caráter essencial de nossa existência muitas vezes ignorado na contemporaneidade, em que a produtividade excessiva é a tônica de nossas atividades. Segundo a psicoterapeuta Victoria Oliveira, vinte minutos diários de envolvimento em uma atividade lúdica podem reduzir em até 60% as chances de doenças de origem autoimune causadas pelo estresse. Nesse contexto vale tudo: chamar a família para uma partida de truco ou realizar um bingo com os vizinhos  Mas caso você more sozinho ou esteja preocupado em não furar sua quarentena, é possível acessar jogos como do betclic casino ou combinar uma partida de qualquer outro jogo com seus amigos através de sites especializados.

Atividades físicas também podem oferecer uma boa oportunidade de lazer, reduzindo o estresse e ajudando a carregar sua imunidade de energia. Profissionais do yoga e da dança tem disponibilizado aulas online muitas vezes gratuitas na rede. Contudo, não se prenda em usar esse momento para ser produtivo. Dedicar alguns momentos a ver com atenção um simples vídeo engraçado, ainda que sem nenhum compromisso ou pertinência, já pode ser o suficiente para aliviar o estresse e melhorar a imunidade.

Invista em superalimentos

simples mudanças de estilo de vida ajudarão a impulsionar sua imunidade

Nós somos o que comemos, já dizia o velho ditado. E por mais desgastado que ele possa parecer, basta uma simples observação de si mesmo para detectar que é verdade. Quantas vezes a ingestão de um determinado alimento nos faz sentir mais agitados ou menos propensos às atividades do dia, a depender de suas características? Isto porque, de fato, como os medicamentos, a alimentação influencia de um modo bastante contundente as reações químicas que desencadeiam os processos biológicos de funcionamento do nosso organismo.

A ayurveda, medicina indiana milenar que conquistou o mundo com suas regras de combinação alimentar, prega a prevenção de doenças a partir da identificação de três sistemas diferentes de organização corporal. Estes, por sua vez, possuem um determinado grupo de alimentos que lhes é restrito. Nesse sentido, é importante identificar o seu tipo corporal e descobrir o que lhe é mais adequado ou não consumir. Ainda assim, os chamados superalimentos — gengibre, limão, cúrcuma, hortaliças e leguminosas, oleaginosas e frutas cítricas em geral — são considerados antibióticos naturais pela ayurveda, capazes de aumentar a imunidade de qualquer corpo em qualquer circunstância.

Mente sã, corpo são

Ainda na linha do que pregam as filosofias orientais, a correlação entre corpo e mente é um dos principais aspectos esquecidos pela medicina tradicional ao tratar as enfermidades. Isso quer dizer que não basta preocupar-se somente com o seu físico se a sua psiquê não for trabalhada paralelamente em prol de um estado de bem estar permanente.

Neste sentido, a meditação pode ser uma grande chave para manter o equilíbrio e garantir um bom funcionamento do corpo. Seja uma prática mais coordenada, através de aplicativos ou orientações guiadas, ou simplesmente diluindo-a em exercícios práticos de autopercepção, trazer a mente para o aqui e agora é um exercício simples, porém poderoso, para controlar a ansiedade. Aprenda a passar o tempo sozinho, em paz consigo mesmo, e a desfrutar de sua própria companhia.

Siga os protocolos de higiene

Os protocolos de higiene apresentados pela Organização Mundial da Saúde são bastante básicos e atuam também na garantia de nossa imunidade. A utilização de máscara em ambientes externos é uma atitude simples e que definitivamente não vai nos abandonar tão cedo — o que quer dizer que é melhor as aceitarmos de vez. Carregue sempre consigo seu frasco de álcool gel e, ao voltar de ambientes externos, lave muito bem as mãos e as roupas utilizadas. Mas atenção: não deixe que o protocolo de higiene te faça surtar. Aproveite a oportunidade para exercer a prevenção consciente.

Conclusão

“Imunidade é a capacidade do corpo de se auto-preservar, é amor próprio”, explica a psicoterapeuta Victoria Oliveira. Nesse sentido, a especialista dá um alerta aparentemente simples, mas profundamente amplo em sua mensagem: garantir a resistência do corpo aos impactos dos vírus e doenças é estar em constante estado de atenção consigo mesmo, em todas as esferas da existência.

O que você acha?

Comentários

Deixe uma Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Personagens da cultura pop em versão cartoon

Estresse

Estresse: 10 coisas que tiram qualquer um do sério