no

Dia da consciência negra: 5 filmes que você deve assistir

dia da consciência negra
dia da consciência negra

O dia da consciência negra é 20 de outubro. Nessa data nós celebramos a história. Além disso, nos lembramos do contexto brasileiro e de tudo o que o povo negro passou em nosso país. Mas, infelizmente, o preconceito ainda é parte da nossa sociedade. É hora de mudança.

Preconceito ou pré conceito é o julgamento daquilo que nós não conhecemos. Eu acho insano pensar que a cor da pele ainda seja um determinante para muitas pessoas. Mas acho que isso pode mudar.

A mudança social só poderá acontecer por meio da informação. Além disso, nós precisamos lutar para que as pessoas sintam mais empatia. O cinema é uma ótima ferramenta para isso, portanto nós separamos 5 filmes para gerar reflexão no dia da consciência negra. 

5 filmes para ver no dia da consciência negra

O sol é para todos

Baseado em um livro com o mesmo nome, o Sol é para todos é um filme de 1962. A obra se passa em uma cidade no sul dos Estados Unidos. A história americana é manchada pela segregação e – assim como no Brasil – pelo preconceito. 

Na cidade em que o filme se passa o racismo é uma marca dos moradores. Por isso, todos se revoltam quando um advogado branco resolve defender um homem negro acusado de estupro. 

A história é narrada do ponto de vista da filha do advogado, a pequena Scout. Mesmo tão jovem, ela já enfrenta a raiva de uma sociedade preconceituosa e aprende como as pessoas podem ser cruéis, mesmo com os inocentes. 

A cor púrpura

A cor púrpura também é adaptação de um livro. O filme foi lançado em 1985 e sua protagonista é interpretada por Whoopi Goldberg. 

A obra nos conta a história de Celie, uma mulher afro americana e vítima de abusos desde muito cedo. Mas as coisas pioram depois que Celie é obrigada a se casar com um homem abusivo e que tenta estuprar a irmã de Celie. 

Com raiva, o homem separa as duas irmãs, mas elas mantém a comunicação por cartas e a esperança de um dia se encontrarem.

Se a rua Beale falasse

Mais uma adaptação da literatura e mais uma história sobre homens negros que são levados a prisão sem provas. Lançado em 2018, o filme poderia ser uma história de amor. Mas tudo é interrompido, pois um jovem negro, prestes a casar e com um filho a caminho é preso e acusado de estupro. Ele não estava nem perto da cena do crime, mas mesmo assim ele é obrigado a cumprir a pena. 

Selma: Uma Luta pela Igualdade

Você com certeza já ouviu falar sobre Martin Luther King. A luta era por direitos civis, inclusive pelo direito de votar. Pelos seus direitos, o grupo liderado por King resolveu fazer uma caminhada de Selma a Montgomery. Entretanto, eles enfrentam uma forte repressão policial. 

A situação se tornou tão grave que pessoas de várias partes dos Estados Unidos se uniram à marcha. Ela foi um marco na luta dos direitos civis. Além disso, convenceu o presidente Johnson a criar uma lei mais rigorosa permitindo que pessoas negras pudessem votar. 

12 anos de escravidão

Solomon é um homem livre. Ele trabalha como músico e é contratado para trabalhar em outra cidade. Lá ele é sequestrado e vendido como escravo. Baseado em fatos reais, a obra mostra a exploração de um homem. 

Quais obras você recomenda para o Dia da Consciência Negra?

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
6 frases de buda para enxergar a vida com outros olhos

6 frases de Buda que mudarão sua maneira de enxergar a vida

Professor de desenho chama atenção do mundo!