Followers

Descubra como eram os sacrifícios humanos realizados pelos celtas

13 mar, 2019
43 Shares 532 Views

Por muito tempo, não se sabia ao certo se o povo celta realizava ou não sacrifícios humanos. Mas as descobertas mostraram que eles executavam esta prática em vários rituais…

Com frequência, vítimas eram enforcadas para o deus Esus, queimadas para Taranis ou afogadas para Teutates. Mas o método mais famoso, ainda que não haja certeza absoluta de seu uso, era o espantalho de fogo: pessoas eram incendiadas em figuras feitas de madeira e palha, com pelo menos 4 m de altura.

Os moradores locais ajudavam na construção da estátua, e a “honra” de atear fogo era do próprio rei, enquanto a comunidade cantava para o deus homenageado.

O ritual servia para agradecer a colheita do ano anterior e pedir sucesso na próxima. Mas também servia como condenação: em geral, as vítimas eram ladrões ou outros criminosos. Eles ficavam presos em gaiolas de madeira, construídas dentro do espantalho.

O relato mais famoso de um desses eventos foi feito pelo imperador romano Júlio Cesar, inimigo dos celtas, por isso por muito tempo se questionou se eles faziam esta prática ou não.

Entretanto ossadas encontradas na França e na Grã-Bretanha provaram ao menos outro tipo de ritual: druidas matavam vítimas com espadas e, inspirados em seus espasmos, adivinhavam o futuro.

VIA

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.