no

Cresce a busca por cursos EAD no Brasil

estudar ead vale a pena?
Imagem: Freepik

O aumento da busca por cursos EAD no Brasil, especialmente motivado pelo isolamento social, levou centenas de estudantes a conhecerem um novo e dinâmico formato de educação.

Não é novidade que a especialização é um fator importante para a valorização de um profissional em qualquer área de trabalho. Por isso mesmo, apesar de estarmos diante de uma crise econômica, cresce a busca por cursos EAD no Brasil.

Segundo pesquisa da Catho Educação, somente entre os meses de março e abril deste ano, houve um aumento de 70% nas matrículas dos cursos à distância, crescimento que segue uma tendência no segmento educacional, que em 2018 registrou 40% dos alunos brasileiros em cursos EAD.

O potencial das ferramentas online

Apesar de todo o reconhecimento que o EAD tem recebido nos últimos anos, há quem se pergunte se a qualidade do ensino à distância é a mesma do presencial. Essa dúvida se estende tanto sobre os cursos superiores, quanto sobre os chamados cursos livres, como cursos de idiomas.

Na verdade, o que muda entre um formato e outro são as ferramentas que as equipes de ensino têm à disposição. Um aplicativo de idiomas, por exemplo, que tem sido cada vez mais utilizado para o domínio de uma língua estrangeira, pode utilizar recursos diversos daqueles apresentados em uma sala de aula tradicional.

Para comprovar a eficácia, empresas do ramo EAD realizam pesquisas constantes. A plataforma de idiomas Babbel é uma delas que, por meio de pesquisas desenvolvidas em Universidades de renome (como a Yale), pôde demonstrar porque a Babbel funciona.

cursos ead no brasil
Imagem: Freepik

São vários os motivos para o sucesso do EAD. Nos aplicativos, é comum o uso de conceitos de gamificação, que propõem uma estrutura de ensino baseada em conquistas e recompensas, como se fosse um jogo de vídeo game.

Além disso, o EAD é o único formato que permite ao estudante a liberdade de conduzir seus estudos. Assim, é possível evoluir em seu próprio ritmo, dedicando seu tempo à medida que o aluno consegue ou deseja.

A escolha dos estudantes pelo EAD

O ensino tradicional ainda tem um peso considerável entre os estudantes no momento de optar por qual instituição escolher para fazer um curso livre ou uma graduação. Afinal, trata-se do formato que mais temos contato ao longo da vida.

Foi graças ao período de isolamento social que muita gente encontrou no ensino EAD uma forma de se manter ocupado durante a quarentena. Para muitos, essa primeira experiência com a educação online têm sido um fator determinante para continuar a formação pelos próximos meses, mesmo no período pós pandemia.

estudo à distância
Imagem: Freepik

Além dessa primeira experiência, existem outros motivos que levam um estudante a optar pelo EAD para sua formação.

O custo-benefício é um dos fatores mais importantes para os estudantes, uma vez que o valor pago na mensalidade de um curso EAD, em relação ao presencial, pode ser bem grande. Mesmo cursos livres, como o inglês, por vezes tem no preço de uma mensalidade o valor total da assinatura semestral de um aplicativo de idiomas.

A flexibilidade também é outro motivo importante para os alunos que optam pelo EAD. Por conta de sua estrutura, na maioria dos casos, é o estudante que monta a rotina de estudos. Assim, quem tem pouco tempo pode aproveitar desde momentos no transporte, até intervalos pequenos ao longo do dia.

Por fim, a facilidade de acesso também é um motivo frequentemente citado pelos estudantes. Essa é uma forma de pessoas que moram distantes dos grandes centros realizarem os estudos, uma vez que, com a Internet, é possível conquistar uma formação.

5 fatores que mostram que o EAD é para você

Segundo o censo superior de Educação, em 2019 o EAD contabilizava 8.450.755 alunos matriculados. Esse número não considera os cursos livres, seja de idiomas ou de matérias específicas. Mas apesar do sucesso do EAD, ele pode não ser o formato ideal para todos.

Confira 5 fatores ou características pessoais que mostram que o EAD é a melhor escolha para você:

  1. Você é disciplinado, tendo a habilidade não só de criar bons cronogramas para sua rotina, mas a disposição para seguir o que foi estabelecido;
  2. Você tem motivação para criar objetivos e manter-se engajado até alcançá-los;
  3. Você tem curiosidade para buscar materiais de apoio caso não tenha compreendido completamente o que foi passado em aula;
  4. Você tem familiaridade com a tecnologia, ou seja, conta com um conhecimento básico sobre como usar o computador ou o smartphone;
  5. Você está aberto para aprender com novos formatos, que são diferentes daqueles que estamos acostumados em nossa vida escolar.

Se você concordou com pelo menos 3 dos elementos listados anteriormente, significa que você tem um perfil adequado para fazer parte do ensino EAD. Essa é uma ótima maneira de se manter atualizado, preparando-se para as constantes exigências do mercado de trabalho.

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Celebridades encontrando seus eu’s do passado

6 curiosidades sobre a origem do Halloween