no

Como aprender mais rápido usando a técnica de Feynman

aprender mais rápido

Se você planeja aprender mais rápido alguma atividade, seja para sua vida pessoal ou para o trabalho, estas dicas podem ser essenciais!

Richard Feynman é considerado uma das personalidades mais milagrosas da história científica. 

Vencedor do prêmio Nobel de 1965 no QED (junto com J. Schwinger e Tomonaga), o Dr. Feynman foi um educador extraordinariamente incrível e um grande físico. 

Além de muitas outras contribuições para a ciência, ele criou uma teoria matemática que explica o fenômeno da superfluidez no hélio líquido. 

Depois disso, ele teve contribuições fundamentais (junto com Murray Gell-Mann) para interações fracas, como a decadência beta. 

Em seus últimos anos, Feynman desempenhou um papel significativo no desenvolvimento da teoria do quark, apresentando seu modelo Parton de processos de colisão de prótons de alta energia. 

Ele também introduziu novas técnicas computacionais básicas e notações na física. 

A genialidade de Richard Feynman fica evidente em seus livros de três volumes sobre física chamados The Feynman Lectures on Physics , que são baseados em suas palestras na Caltech durante 1961-1963.

Além de físico, foi em vários momentos reparador de rádios, arrombador de fechaduras e pau pra toda obra. Severino sentiria até inveja.

Mas o que podemos aprender com este homem? De que maneira suas técnicas podem nos ajudar a aprender mais rápido?

Primeiramente vamos colocar um pouco mais de contexto, e agora que vocês já sabem o que este homem fez, vamos entender um pouco de seu histórico.

Em sua adolescência, a escola de segundo grau de Richard Feynman não oferecia nenhum curso de cálculo. Como um adolescente do ensino médio, ele decidiu aprender cálculo sozinho e ler Cálculo para o Homem Prático .

Feynman sempre acreditou que, se não se pode explicar algo em termos simples, isso quer dizer que você não entendeu.

Uma citação semelhante também é atribuída a Albert Einstein. Mas quer venha ou não originalmente de Feynman, a ideia é elegantemente verdadeira e é, de fato, a base para a técnica de Feynman de aprender coisas. 

Feynman é muitas vezes atribuído como O Grande Explicador por sua capacidade de explicar conceitos complicados na ciência, particularmente na física, de maneira extremamente simples e compreensível, de uma forma que pessoas de formação não científica poderiam entender.

Ele abriu um novo caderno. Na página de capa ele escreveu: CADERNO DE COISAS QUE EU NÃO SEI. Pela primeira vez, mas não pela última vez, ele reorganizou seus conhecimentos. Ele trabalhou durante semanas desmontando cada ramo da física, lubrificando as partes e juntando-as novamente, procurando o tempo todo as arestas e inconsistências. Ele tentou encontrar os núcleos essenciais de cada assunto. – James Gleick em sua biografia de Richard Feynman

Qual é a técnica de Feynman e como aprender mais rápido?

A técnica de aprendizagem de Feynman envolve principalmente quatro etapas simples:

> Escolha um tópico que você deseja entender e comece a estudá-lo

> Finja ensinar o assunto para uma sala de aula, para uma criança ou para alguém que não esteja familiarizado com o assunto

> Volte para o material de recurso quando precisar

> Simplifique e Organize

Passo 1:

Essa técnica é aplicável a praticamente qualquer disciplina ou qualquer assunto e conceito, apesar do fato de dizer a técnica de Feynman , ela não se limita apenas à matemática ou à física e pode ser aplicada a uma ampla gama de campos. 

O primeiro passo para usar essa técnica é escolher o tema e começar a estudá-lo. Ora, estudar não significa apenas memorizar os fatos. 

Na verdade, o próprio Feynman sempre foi contra a cultura da memorização e sempre acreditou que se deve aprender e compreender os princípios ao invés de memorizar os fatos ou fórmulas. 

Outro bom método de estudar algo é escrever. Escrever algo em um pedaço de papel estimula o hipocampo do cérebro, a parte responsável principalmente pela memória e pelo aprendizado.

Passo 2:

Se você quer dominar algo, ensine. O ensino é uma ferramenta poderosa de aprendizagem.

Explique os conceitos com suas próprias palavras e tente explicá-los a uma criança ou a alguém que não esteja familiarizado com o assunto. 

Você também pode fingir que está explicando para um pato de borracha que está na sua mesa. 

A ideia é tentar dividir as coisas em uma linguagem o mais simples e clara possível. 

Tente usar termos e vocabulários simples e não se limite apenas aos fatos que aprendeu. 

Você também pode incluir um ou dois exemplos para tornar as coisas mais simples ou criar seu próprio exemplo, certificando-se de que esteja associado à ideia principal. 

Se você fizer isso, será muito mais fácil entender as coisas em um nível mais profundo e o ajudará a fazer conexões.

Todas as coisas são feitas de átomos – pequenas partículas que se movem em movimento perpétuo, atraindo umas às outras quando estão a uma pequena distância, mas se repelindo ao serem comprimidas umas nas outras. Nessa única frase … há uma enorme quantidade de informações sobre o mundo.

Passo 3:

Esta é uma etapa extremamente crucial onde você aprende onde está faltando. Ao explicar ou escrever coisas em termos simples, você sempre se depara com certas áreas em que acha difícil explicar, fazer conexões ou formular exemplos. 

Este é o ponto onde você volta ao material de referência, os livros ou periódicos ou internet, quaisquer que sejam suas referências primárias, e preenche as lacunas em seu conhecimento. 

Você pode identificar suas lacunas por várias instâncias, como não conseguir explicar ou simplificar algo, esquecer alguns pontos importantes e assim por diante. 

A ideia é voltar e revisar mais uma vez. Isso ajuda você a entender as coisas ainda melhor. Nesta etapa, você conhece as áreas nas quais precisa trabalhar e focar, o que é uma parte significativa do processo de aprendizagem.

Passo 4:

Aí vem o produto agora. Depois de corrigir seus erros e corrigir suas dificuldades, você simplifica sua explicação e a torna melhor. 

Você sempre pode voltar para a Etapa 2 e Etapa 3 até ter uma compreensão clara do assunto. 

Suas notas e exemplos estão agora na forma mais simples possível e você tem uma compreensão mais profunda do tópico em estudo. Você pode seguir essa abordagem repetidamente até sentir que domina o conceito.

Depois que sua explicação final estiver pronta, você pode transmiti-la a seus colegas, amigos ou profissionais que estão familiarizados com sua área de especialização e refletir sobre sua compreensão das coisas. 

Este método Teste e Aprenda faz maravilhas e é um dos segredos para aprender mais rápido. 

Feynman sempre acreditou que a verdade está na simplicidade e que as coisas podem ser melhor compreendidas quando são simples e elegantes. 

É muito mais fácil complicar as coisas, o que muitas vezes mostra a falta de compreensão profunda. 

A ideia é tornar as coisas simples o suficiente para serem compreendidas por qualquer pessoa e, em seguida, usar essa ferramenta para um entendimento mais profundo por si mesmo.

A técnica de Aprendizagem de Feynman ajuda você a aprender e entender as coisas por uma perspectiva diferente. 

Ele pode ser usado não apenas para fins acadêmicos, mas também para construir negócios, criar startups, modelos mentais e muito mais. 

A técnica de Feynman é um ótimo método para desenvolver o domínio sobre praticamente um conjunto de informações.

E aí, bora testar?

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Como ganhar dinheiro online apostando?

habits

10 micro hábitos para melhorar sua vida