no

Auto-sabotagem em relacionamentos: Porque existe?

auto-sabotagem em relacionamentos

A auto-sabotagem em relacionamentos é quando você está ativamente tentando arruinar seu próprio relacionamento, seja consciente ou inconscientemente. Descubra se você está fazendo isso, as razões e dicas de como parar de ter este comportamento!

Às vezes, a única coisa que existe entre nós e um relacionamento mais feliz somos nós mesmos. 

Muitos psicólogos chamam isso de comportamento de auto-sabotagem, que é amplamente definido como um comportamento que cria problemas em sua própria vida diária e interfere em seus objetivos de longa data. 

Para algumas pessoas, é um pensamento tão enraizado que pode ser difícil até mesmo reconhecê-lo, quanto mais impedi-lo.

Auto-sabotagem em relacionamentos: Porque existe?

Embora muitas vezes subconsciente, há vários motivos pelos quais alguém pode querer sabotar um relacionamento perfeitamente saudável. 

auto-sabotagem em relacionamentos

Um grande motivo é a baixa autoestima, de acordo com a psicóloga clínica Maggie Dancel, Psy.D.

Se você está preocupado com o fato de que seu parceiro pode, em algum momento, deixar de gostar de você o suficiente, você pode subconscientemente agir ou afastá-lo para não sentir a dor da rejeição. “Os indivíduos podem achar que não podem melhorar, então eles se contentam com qualquer atenção, afeto e conexão, negativa ou positiva.”

Do outro lado do espectro, alguns indivíduos podem temer o comprometimento devido ao que o relacionamento significará para sua independência, levando-os a se auto-sabotar o relacionamento para manter distância e manter o senso de liberdade.

“Muito do raciocínio por trás de alguém que sabota um relacionamento tem a ver com o estilo de apego de um indivíduo “, disse Madeline Cooper, psicoterapeuta e assistente social especializada em sexualidade e relacionamentos. 

Seu estilo de apego é a maneira como você lida com os relacionamentos, que é aprendido em nossos relacionamentos na primeira infância com os cuidadores. 

Indivíduos com estilos de apego ansiosos muitas vezes desejam intimidade e temem a rejeição por causa de experiências de abandono na infância, o que pode levá-los a projetar esses resultados negativos do relacionamento em seu parceiro. 

Já os indivíduos com estilos de apego evitativos muitas vezes evitam proximidade e intimidade porque sua infância os ensinou a ser autossuficientes, o que pode levá-los a adiar o compromisso ou demonstrar uma natureza desdenhosa.

Como o a auto-sabotagem em relacionamentos está ligada ao nosso estilo de apego, as pessoas muitas vezes podem fazer isso subconscientemente, repetindo os padrões relacionais que aprendemos quando crianças. “Repetimos comportamentos continuamente porque o ciclo negativo é familiar”, diz Dancel.

Sinais de auto-sabotagem em um relacionamento:

1. Não abordando emoções negativas.

Uma grande bandeira vermelha para a auto-sabotagem é ter emoções negativas sobre seu parceiro ou relacionamento, mas se recusar a abordá-las. 

Sentir ansiedade, raiva, frustração ou dúvida em qualquer relacionamento, romântico ou não, é totalmente normal – mas recusar-se a falar com seu parceiro sobre esses medos indica que você não está interessado em consertar os problemas que está vendo ou em manter seu relacionamento vivo.

2. Paranóia extrema.

A insegurança pode fazer a pessoa ficar desconfiada o tempo todo- sem que exista motivo algum.

“Tenho visto clientes que suspeitam que seus parceiros estão traindo sem nenhuma evidência para provar”, disse Cooper, descrevendo isso como um exemplo de auto-sabotagem de um relacionamento. 

É difícil não ficar paranoico às vezes em relacionamentos, mas se você está constantemente preocupado que seu parceiro esteja te traindo ou queira deixá-lo, isso pode ser uma projeção de seus próprios medos e ansiedades em relação ao relacionamento.

3. Críticas ao seu parceiro.

As melhores parcerias envolvem pelo menos algumas críticas construtivas.

Mas se você está sempre criticando seu parceiro por pequenos comportamentos, isso também pode ser um sinal de auto-sabotagem. 

Criticar seu parceiro quando ele não o merece pode significar que você está inconscientemente tentando criar uma barreira entre vocês dois ou afastá-los.

4. Envolver-se em comportamento prejudicial à saúde.

Embora possa não parecer, comer mal, beber ou fumar excessivamente e, em geral, não cuidar de si mesmo pode ser um sinal de auto-sabotagem em um relacionamento. 

De fato, estes comportamentos negativos podem funcionar como um mecanismo de enfrentamento para indivíduos que estão infelizes em um relacionamento, mas não sabem como corrigi-lo. 

5. Guardando rancores.

Todo mundo guarda rancor de vez em quando, mas se você fica constantemente incomodado com pequenas coisas que seu parceiro faz e parece que não consegue se livrar dessa raiva, isso pode ser um sinal de auto-sabotagem.

Freqüentemente, guardar rancor em um relacionamento pode levar a uma comunicação inadequada e a raiva e brigas demoradas, o que pode prejudicar muito qualquer parceria. 

Ou seja, você pode estar inconscientemente guardando rancor para evitar falar com seu parceiro sobre os problemas em seu relacionamento.

6. Colocar energia em tudo, exceto em seu relacionamento.

Um grande sinal de auto-sabotagem é se você está preocupado com o estado de seu relacionamento, mas também não dedica tempo para consertá-lo. 

Se você de repente se tornou hiper-focado no trabalho, em seus hobbies ou nas outras pessoas em sua vida e está ignorando seu parceiro completamente, você pode estar tentando se convencer de que não tem tempo para resolver os problemas em seu relacionamento, quando na verdade, você está apenas priorizando outras coisas.

Entretanto, um relacionamento saudável precisa se basear no equilíbrio e compreensão. E muito, muito diálogo.

7. Ter expectativas irreais.

Os relacionamentos íntimos podem ser difíceis de administrar, e é difícil sempre ter um conjunto perfeito de expectativas para o que você e seu parceiro devem um ao outro. 

Dito isso, se você fica regularmente chateado porque seu parceiro não está atendendo às suas expectativas e não está comunicando sua decepção a ele, isso também pode ser um sinal de que você já considerou seu parceiro inadequado para você em sua cabeça e não pensa vale a pena lutar pelo relacionamento.

Aliás, este conceito vale para todos os tipos de relacionamento: criar expectativas irreais só vai te fazer sofrer, e as outras pessoas não tem nada a ver com isso.

8. Não cumprir pequenas promessas.

Certamente este é um dos principais motivos da auto-sabotagem em relacionamentos.

Pequenas coisas se somam. E é um erro terrível não se atentar a isso. 

Se você regularmente quebra as promessas sobre os horários em que estará em casa ou deixa de fazer pequenas coisas que vocês combinaram, isso pode significar que você está treinando seu parceiro para ficar ressentido com você.

9. Concentrando-se nas imperfeições suas e de seu parceiro.

Outra bandeira vermelha é se você não consegue ver o que há de bom em seu parceiro ou relacionamento e, em vez disso, consegue se concentrar apenas nas pequenas imperfeições de ambos os lados.

Esse padrão negativo costuma ser um sinal de que você está tentando criar uma barreira entre você e seu parceiro. 

10. Desistir do sexo.

É normal que casais passem por frases de sexo sem brilho (ou sem sexo), mas Cooper diz que é revelador quando uma pessoa desiste e aceita o relacionamento sexual insatisfatório.

“Como muitas pessoas se sentem desconfortáveis ​​em falar sobre sexualidade e intimidade, elas não contarão a seus parceiros se estiverem insatisfeitas no relacionamento sexual.

E este é um grande erro. Isso pode levar à frustração, ressentimento ou até mesmo à síndrome do ‘a grama é mais verde’.

11. Usando o “tratamento do silêncio”.

Um dos maiores sinais de auto-sabotagem é a comunicação deficiente ou a falta dela. O ” tratamento silencioso ” , ou a recusa de falar com alguém em sua vida por raiva ou para lhe ensinar uma lição, é uma forma de comunicação extremamente tóxica que pode ser muito prejudicial para qualquer relacionamento.

Como parar com a auto-sabotagem em relacionamentos

1. Compreenda os estilos de apego de ambos os parceiros.

Compreender o seu próprio estilo de apego e o de seu parceiro pode ajudá-los a aprender como atender melhor às necessidades um do outro. 

Inclusive existem testes fáceis online que permitem que as pessoas descubram rapidamente seu estilo de apego e fornecem dicas úteis sobre o que os indivíduos com cada estilo mais desejam em um relacionamento. 

2. Tenha uma discussão honesta.

Se você está se sentindo ansioso ou com dúvidas em algum relacionamento, é importante que inicie uma discussão aberta sobre esses medos. 

Você e seu parceiro devem falar abertamente sobre os problemas que estão enfrentando e quais podem ser os melhores próximos passos para o seu relacionamento. 

E se você acha que precisa crescer muito antes que o relacionamento mude, fazer uma pausa temporária pode ser uma atitude a considerar.

3. Procure aconselhamento.

Se você acha que você e seu parceiro não podem resolver esses problemas sozinhos, o aconselhamento pode ser um ótimo próximo passo. 

Tanto a terapia individual quanto a de casal fornecem uma ótima saída para discutir seus medos de relacionamento em um ambiente de apoio, sem julgamento. 

4. Seja paciente.

Relacionamentos nunca são fáceis, e é importante ser paciente enquanto você está trabalhando duro. 

Lembre-se de que você possui um alguém para ajudá-lo em tempos difíceis e que deve se orgulhar de reconhecer comportamentos prejudiciais à saúde e tomar as medidas necessárias para corrigi-los. 

“A vida é difícil!” Dancel lamentou. “Todos nós estamos apenas tentando vencer neste mundo. É importante que as pessoas sejam compreensivas e pacientes consigo mesmas.”

Assim, depois de identificar a auto-sabotagem em relacionamentos e seguir estas dicas, você estará pronto para viver uma vida mais leve e feliz.

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

CatJAM (Emote da Twitch) – Origem do Meme

pessoas que não sabem usar o microondas

23 pessoas que não sabem usar o microondas