Followers

Austríaco arrependido, oh.

“Meu cliente foi responsável por seus atos, mas a personalidade dele tem anomalias psicológicas”, afirmou Mayer, advogado de Josef Fritzl. Pô, o cara é louco, entope ele de Lexotan e deixa ele em paz. É, sei.

Quem viu qualquer filme hollywoodiano que fala sobre a vida de um assassino ou um thriller de julgamento, já sabe o que se sucede aqui. Você, pé-rapado que não tem 5 reais pra alugar um filme, provavelmente não viu, mas tá sendo aplicado o velho golpe do “eu-estava-psicologicamente-inapto-no-dia”. Apesar do pesares, o cara realmente tem que se tratar, porque quem come a própria filha, hum, algo tem.

Ele recebeu, então, a prisão perpétua com a possibilidade de liberdade condicional aos 88 anos. Acho que deveriam olhar pra ele e adicionar mais uns 10 anos só por ele ter cara de filho da puta.

"Hmm, quem eu vou comer aqui?"

"Hmm, quem eu vou comer aqui?"

Eu sou um cara simples, acredito muito no clichê, mesmo porque algo que é usado exaustivamente pela sociedade, normalmente tem um caráter verdadeiro: “Olho por olho, dente por dente”. Então, por que não deixar ele sair daqui 15 anos em condicional? Sim, pode sair Fritzl. Sai mesmo. Mas quando você sair, que você seja trancafiado ali no seu porãozinho e mandassem diariamente o Maguila tentar fazer 7 filhos em você. Claro que ele não vai conseguir. Mas ele pode tentar. Várias vezes.

“Eu lamento do fundo do meu coração. Infelizmente, eu não posso mudar nada agora”, afirmou nesta quinta-feira (19) Josef Fritzl, antes de conhecer a sentença. Aí eu penso nas fotos que já vi o Sr. Fritzl viajando alegremente pra Índia, Tailândia, e até mesmo pra praia.

Imagina essa barriga depois que o Maguila terminar o serviço.

Imagina essa barriga depois que o Maguila terminar o serviço.

Você tá arrependido, mas se divertiu bastante seu arrombado. E sobre ele querer mudar algo, vou contar um segredo s-u-p-e-r imprevisível: no fim dos filmes que comentei acima, e que o Sr. Leitor-perdedor não aluga, o criminoso nunca realmente quer mudar algo.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.