Followers

Artista cria retratos gigantes feitos com cubos mágicos

Enquanto algumas pessoas (como eu) não conseguem sequer montar um cubo mágico, outras conseguem habilidosamente resolvê-lo em tempo record. Mas não existem muitas pessoas que conseguem fazer obras de arte com eles.

O artista Pete Fecteau começou a fazer mosaicos épicos e já tem um portfólio inteiro cheio de obras de arte usando cubos mágicos. E ele pode criar praticamente qualquer imagem!

Desde uma versão em cubo de Rubik da tela de Marilyn Monroe de Andy Warhol até um retrato do falecido Kurt Cobain, Fecteau costuma homenagear as pessoas que ele admira.

Ele também cria mosaicos personalizados para clientes corporativos, colecionadores, galerias e museus. A maior obra até hoje é um retrato monumental do inventor do Cubo de Rubik, Ernő Rubik. Intitulado Erno, ele tem 5.618 cubos e está em exibição como parte da exposição itinerante do Beyond Rubik’s Cube.

Fecteau inicia seu processo no computador, onde ele usa o Photoshop para processar imagens em preto e branco. Ele então traduz os tons de cinza nas cores icônicas do cubo. Cada cubo atua como uma série de pixels digitais – quanto mais cubos o Fecteau usa, mais detalhes ele pode obter. Semelhante a uma pintura pontilhista, as imagens se tornam mais nítidas quando vistas de longe.

Cada peça, que pode levar até 30 horas para ser concluída, é um trabalho de amor e admiração. “O cubo se presta muito bem a um processo artístico, ou seja, se você estiver disposto a gastar tempo”, diz Fecteau. “Os mosaicos são criados minuciosamente e meticulosamente à mão, um cubo de cada vez.”

Pensa no trabalhão? Mas definitivamente é um colírio para nossos olhos!

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.