no

Após perder suas patinhas pelo frio extremo, gato ganha próteses

Não é novidade ouvir que as temperaturas na Rússia siberiana caem MUITO quando o inverno chega. Embora as pessoas estejam acostumadas ao frio extremo e tenham se preparado para isso ao longo dos anos, nem todos os animais são tão resilientes.

Animais de estimação com patas congeladas não são raros na Sibéria e, infelizmente, na maioria das vezes, isso é uma sentença de morte para eles. No entanto, este gatinho teve a sorte de ter um dono que tinha planos completamente diferentes para o animal de estimação.

Ryzhik perdeu suas 4 patas em janeiro, quando as temperaturas caíram em Tomsk. Seus membros foram tão severamente congelados, que com a gangrena se espalhando rapidamente, o veterinário não tinha outra opção a não ser amputá-los.

No entanto, o proprietário de Ryzhik não desistiu do gatinho e decidiu tornar sua vida o mais confortável e longa possível, e levou-o para uma clínica em Novosibirsk, especializada na implantação de membros artificiais.

O gato foi equipado com 4 patas artificiais lá. Eles usaram tomografia computadorizada e modelagem 3D para fabricar membros que seriam mais confortáveis ​​para o felino.

O cirurgião passou a explicar que os membros do gato eram feitos de titânio e ligados aos ossos. A parte que está conectada à pele e ao osso é esponjosa para permitir que o tecido cresça em torno dela.

O vídeo mostra Ryzhik andando e descendo as escadas usando suas novas patas artificiais. Como ele não está tentando remover ou sacudir as próteses, isso sugere que o gato está confortável com suas novas modificações:

É claro que vai levar um tempinho para que ele se acostume, mas ficamos felizes que ele possa andar com suas novas patinhas!

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Porquinho-da-Índia invade recinto das fêmeas e é pai de 400 filhotes

Mistérios que marcam atrações do Rio de Janeiro