no ,

Alguns dos Fósseis mais impressionantes e curiosos já encontrados

Fósseis, resto de seres vivos preservados em rochas, gelo e resina, por exemplo, são valiosas fontes de informações não só para Paleontólogos e arqueólogos, mas para todo o mundo . Por isso iremos apresentar 7 dos mais curiosos fósseis já encontrados.

Os fósseis além de nos provar fatos sobre o nosso passado, abre asas para novas teorias e consequentemente, novas descobertas. E isso é de total importância, visto que a maior dúvida do mundo envolve nossas origens, não concorda?

E o que é Paleontologia?

A Paleontologia é a ciência que estuda as formas de vida existentes em períodos geológicos passados, a partir dos seus fósseis. Quando encontrados por equipes especializadas que cruzam diferentes informações, podemos entender muito mais sobre criaturas e civilizações que caminharam sobre o nosso planeta há milhares ou até milhões de anos atrás.

Mas enquanto alguns fósseis nos ajudam a descobrir valiosas comprovações sobre o passado, outros são tão misteriosos, que só servem para nos deixar totalmente confusos e cheios de teorias.

Conheça agora esses fósseis e após isso nos diga: Qual Fóssil é o mais misterioso?

_ O primata mais completo encontrado

Essa descoberta foi feita na Alemanha em 1983 e foi apelidada de Ida, ela possui 91 centímetros de comprimento e é o fóssil mais completo já encontrado. Nada tão surpreendente ainda né? Mas adivinha a há quantos anos aproximadamente Ida habitou a terra? 12 mil anos? Quase! Ela habitou a terra há 47 milhões de anos!

_ Fóssil Marciano!

É isso mesmo que acaba de ler! Cientistas acreditam ter encontrado Fósseis de bactérias marcianas. Eles aparentemente seriam menores que qualquer bactéria da terra e foram descobertos sobre um meteorito descoberto na Antártida em 1984.

Mas ainda é um tema discutido entre cientistas por não sabermos ao certo se bactérias sobreviveriam de fato a uma viagem no vácuo sob radiações de todo tipo. Mas de toda forma, interessante né?

_Uma formiga gigantesca

Em 2011, quatro paleontólogos se depararam com um fóssil bem incomum
em sedimentos de lagos antigos no Sweetwater County, (no Estado americano do Wyoming) que aparentava ser uma formiga rainha, e depois de alguns estudos descobriu-se que ela viveu na terra há aproximadamente 50 milhões de anos!

Com 5 centímetros de comprimento, ela pode até ser comparada com um beija-flor!

_ Um dos fósseis mais misteriosos já encontrados

Valle foi descoberto em um caverna no norte da Itália e é um grande mistério. Até hoje os cientistas não sabem de quem é o fóssil, que se encontra para exibição no Museu de Bruxaria de Segovia, na Espanha.

Bem bizarro!

_ O famoso Maior predador da terra!

Megalodon é considerado o maior predador que existiu. Para se ter uma ideia, apenas sua mandíbula levou 10 anos para ser reconstruída! Pouquinho tempo né? E as dimensões ainda são mais assustadoras:
2,74 metros de altura e 3,35 metros de comprimento só de mandíbula.

A reconstrução de sua mandíbula foi feita em 1909, e na época, havia a hipótese de que Megalodon teria atingido até 30 metros! Contudo, atualmente, estima-se que ele tenha atingido mais de 16 metros.

Ah! Eu já ia me esquecendo, quer saber há quantos anos o Megalodon existiu? 1,5 milhão de anos.

_ Gigantes de Nevada

Os índios Paiute de Nevada (nos Estados Unidos) contam algumas histórias que envolve uma misteriosa raça de gigantes que possuíam longos cabelos ruivos que vivia na região há milhares de anos, os Si-Te-Cah. Porém, como era de se esperar, exploradores da região nunca acreditavam na lenda, mas tudo mudou quando mineradores encontraram uma caverna em 1911. Nela tinha centenas de antigos artefatos e ossos gigantes que pareciam humanos, mas com cerca de três metros de altura! Já imaginou?

Essa Caverna Lovelock passou então a atrair a atenção de arqueólogos e paleontólogos , que desenterravam ossos gigantes e encontravam marcas humanas fossilizadas de tamanhos muito maiores do que o esperado para um adulto comum. No entanto, os crânios foram os achados mais impressionantes que, atualmente, estão guardados num museu da região.

_ Ninho de dinossauros

Um paleontologista de Universidade de Rhod Island, descobriu na Mongólia, em 2011, um ninho com restos mortais de 15 pequenos dinossauros que logo foram identificados como sendo da espécie
Protoceratop andrewsi. A forma que foram encontrados e o grau de desenvolvimento dos ossos, indicam que eles foram enterrados ainda vivos provavelmente por uma tempestade de areia ou algo do tipo.

Para mais conteúdos: Facebook/ Instagram

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Anúncios na internet estão cada vez mais divertidos (e bizarros)

Donos entraram na onda de fazer mini sofás de crochê para seus gatinhos (15 fotos)