no

A história por trás de monumentos famosos

Vários monumentos ao redor do mundo chamam atenção por sua beleza.

Mas, mais interessante do que a beleza desses monumentos são as histórias de como eles surgiram.

Hoje vamos contar para você a história por trás de três dos mais famosos monumentos do mundo.

Stonehenge

Stonehenge é um dos monumentos que atrai mais turistas na Inglaterra.

O círculo de pedras fica localizado em Salisbury, próximo de Londres.

Por muitos anos se questionou qual seria o mistério por trás da construção de

Stonehenge, mas hoje já conseguimos saber que o monumento foi construído

aproximadamente em 3100 a.C.

Também se descobriu que o grande círculo de pedra era utilizado para rituais

religiosos e para observação astronômica, principalmente durante o solstício de verão e de inverno.

Isso porque a disposição das pedras foi feita de acordo com a posição do sol nessas épocas do ano.

Sabemos também que o monumento passou por três fases de construção, a primeira

feita com madeira, a segunda com pedras azuis vindas do País de Gales e a terceira

com as grandes pedras do formato atual.

Toda essa história mística e intrigante sobre Stonehenge faz com que seja um destino

turístico muito popular.

E você, ficou com vontade de conhecer?

Ilha de Páscoa

A Ilha de Páscoa é uma pequena ilha no oceano pacífico localizada na costa oeste do Chile.

A ilha atrai atenção dos turistas por seus grandes monumentos, os Moais, grandes

homens esculpidos em rocha vulcânica que se encontram espalhados por toda a ilha.

A principio, a Ilha de Páscoa era famosa e atraia os turistas apenas pelas cabeças dos

Moais, que era o que se podia ver dos monumentos.

Mas, logo se descobriu que não se tratava apenas das cabeças, e que os Moais eram

grandes e tinham uma história bastante interessante que os cercava.

Tendo entre 3 e 20 metros de altura, esses grande monumentos eram construídos em

homenagens aos mortos.

Isso porque o povo  Rapanui, que vivia na ilha e que construía os Moais, acreditava

que eles cuidam da ilha e protegiam o povo.

Sem nenhum tipo de tecnologia os Rapanui construíam esses grandes monumentos e

os transportavam por toda ilha mesmo eles sendo enormes e pesando toneladas.

Talvez a história menos interessante que cerca a Ilha de Páscoa, seus monumentos e

seus habitantes, seja o seu nome.

O nome “Ilha de Páscoa” vem do fato de que a ilha foi encontrada por Jacob Roggeven

no domingo de pascoa.

Mas, o que encanta mesmo na ilha é o mistério de como o povo Rapanui desapareceu e

como eram transportados os grandes Moais.

Grande Muralha da China

A Muralha da China é um monumento muito presente no nosso imaginário como algo

grande e imponente.

E não é atoa, afinal,  a Grande Muralha tem 21.196 quilômetros de comprimento, 8

metrôs de altura e 4 metros de largura.

O maior monumento do mundo atravessa onze províncias na China, começando em

Gansu e terminando no Golfo de Bohai.

A muralha foi construída com a finalidade de unificar a China, e tinha como objetivo

proteger o país de invasores, mas também ocupar prisioneiros e soldados.

Por ser muito extensa a muralha foi construída com materiais e tipos de pedras mais

comuns em cada região.

Mas, acredita-se que em alguns trechos o que mantinha as pedras juntas era uma

espécie de cimento feito com óleo de baleia.

O que você acha?

Written by Lua Koepsel

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
Baseada em fatos reais

Baseada em fatos reais – 5 séries para assistir

Versões de músicas

Versões de músicas que você precisa ouvir