Followers

5 parentes estranhos de animais que você já conhecia

22 set, 2010
13186 Views
83 Comments

Manja aqueles bichos que você encontra em todo lugar? Ou na sua casa, ou vê na TV ou em algum filme regularmente? Então, esses animais tem parentes estranhos, como todo mundo.

Sabe aquele tio distante, ainda solteiro, que costuma te envergonhar na frente dos seus amigos? Ou aquele primo caipira que você tem que sair, forçado pela sua mãe? Os animais também sofrem com isso.

1- Besouro Bombardeiro (Pheropsophus verticalis)

– Ele é tipo um besouro, só que melhor. Ele solta bombas.

– Seu sistema de defesa é incrível: ele mistura 2 ácidos no abdôme e os solta por uma glândula traseira.

– A força da pressão na glândula é tanta que faz um barulho de explosão. Se ele grita “Fire in the hole” ou não, ainda é um mistério para os cientistas.

– Além do som alto, a bomba solta um odor tão fétido que nenhum inseto consegue ficar perto desse besouro.

Já sei o que você está pensando: “um besouro que solta uma bomba fétida? que piada, eu também solto”. Mas não amigo, não importa o tanto de repolho que coma, nunca vai produzir algo parecido.

Estas reações de liberação de oxigênio livre do peido motherfucker do besouro bombardeiro geram calor suficiente para levar a mistura para o ponto de ebulição e evaporar.

Bombas começam no 1:00. Avance um pouco, se preferir.

2- Cangurus das árvores (Dendrolagus matschiei)

– Eles evoluiram do mesmo ancestral do canguru tradicional, mas como sabiam que iam dividir o habitát com monstros da Austrália, preferiram ficar seguros em cima das árvores.

– Esses cangurus estranhos podem pular de uma altura de 18m até o chão sem se machucar.

– Tem 70cm de altura e é muito mais agradável de se encontrar do que seu parente de 1,60m com poder assassino nas patas traseiras.

– Ele, como o esquilo gigante (abaixo), também consegue pular de árvore em árvore.

Apesar de ser gracioso em cima de uma árvore, o Canguru das árvores é absolutamente descoordenado no chão. Ele desce apenas para pegar frutas ou alimentos.

No chão, ele anda como o Corcunda de Notre-Dame com ressaca, mas ainda assim tem uma certa agilidade. Não digo agilidade suficiente para escapar de um predador treinado, mas com certeza escaparia de um problogger facilmente.

3- Esquilo-gigante-indiano (Ratufa indica)

– Antes que comece a ficar paranóico e trancar as janelas, lembre-se que você não mora na Índia.

– Esse esquilo tem 40cm e seu rabo tem 60cm, o dobro de um esquilo normal.

– Apesar de seus esforços, esse esquilo mutante ainda não faz parte dos X-Men.

– Ele é herbívoro, o que pode ser um alívio para pessoas que tem aversão a roedores gigantes.

Como um bom mutante, ele tem uma habilidade diferente. O Esquilo-gigante-indiano consegue saltar a uma distância de 6m, normalmente pulando de uma árvore para outra. Mas o que ele tem de agilidade, ele (des)compensa na burrice.

Quando esse esquilo avista um predador (normalmente pássaros ou grandes felinos), ao invés de pular 6m para um local mais seguro, ele irá abraçar o galho da árvore e ficar completamente imóvel. Obviamente com a intenção de se camuflar, o que quase nunca dá certo.

4- Macaco-narigudo (Nasalis larvatus)

– Ok, esse macaco tem um nariz grande, não sei se perceberam. Sério, está bem ali no meio da cara dele, reparem.

– As fêmeas dessa espécie também tem nariz grande em comparação a outros macacos, mas nada bate o nariz do macho.

– Os narizes podem chegar a até 18cm e quanto maior, mais atrativo para as fêmeas. Sentiu a indireta?

– Não sei se deu para notar, mas esses macacos possuem um nariz grande.

Esses macacos andam livremente balançando seus narizes no meio da comunidade de macacos narigudos. O que é como se pessoas dessem um rolê na rua balançando seu instrumento e falando “aí, mina, saca só o tamanho da parada, rola ou não rola?”

Fora isso, esses macacos tem uma acentuada barriguinha de cerveja, o que os põe no mais alto patamar na escala “macho de respeito da natureza”. Imaginem um mundo onde ter uma pança é totalmente aceitável e até encorajado? Seria o paraíso dos probloggers.

5- Gato dos mineiros (Bassariscus astutus)

– Ele é como um gato: tem garras, olhos demoníacos e aquele mecanismo estranho que o possibilita sobreviver depois de uma queda de um prédio.

– A única diferença é que ele não é um gato. É um parente do guaxinim, e mais ágil que um gato.

– Ele não é “só” mais ágil que um gato. Ele envergonharia um gato em uma competição de agilidade.

– Consegue escalar virtualmente qualquer coisa e pode girar suas patas 180º para se fixar em qualquer superfície.

O que os faz aptos a girar suas patas a 180º são as juntas do tornozelo do Gato dos Mineiros, que são muito flexíveis, como uma borracha.

Como se não bastasse essa agilidade desproporcional, esse animal consegue subir em paredes próximas sem apoio algum, apenas ricocheteando seu próprio corpo. Praticantes de Le Parkour, conheçam o seu Deus.

Veja também Os 5 seres mais hardcores da natureza [2].

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.