no

5 animais marinhos que você não acredita que podem te matar

Ou é pequeno demais, ou é fofinho demais, ou é colorido demais. Você sempre olhou pra algum desses na TV e pensou: “Essa merdinha não faz nada“. Pois faz.

Veja nessa lista (com mais texto que o de costume) que alguns animais não são bem o que parecem ser. Seja prudente e mantenha distância de todos, principalmente do último.

1- Irukandji


Você provavelmente já ouviu falar da “Vespa-do-mar“, a água-viva mais venenosa do mundo. Conheça a sua prima: a Irukandji, que na língua nativa significa”Porque essa merda existe?”. Mentira. Ah, e ela mora na Austrália, onde tudo quer te matar.


Ela é do tamanho da ponta do seu dedo e transparente. Fácilmente identificável, não? Ela carrega o mesmo veneno da vespa-do-mar, em menor concentração, mas faz muito mais vítimas por ser pequena demais pra se ver.


Passam por redes de proteção, entram dentro de roupas de mergulho e também podem atravessar sua cueca e, bem… você não iria querer isso. Depois de 5 minutos do contato com essa geléia maldita, você tem náuseas, dores insuportáveis, seus rins param de funcionar e tem uma resposta psicológica inevitável de um sentimento pré-morte. Esse desespero pode se arrastar por dias, sabe porque? Não tem cura.


2- Conus


“Ahahaha olha esse caramujo que morreu afogado” provavelmente será a reação de alguma criança desprevinida que avistar o Conus. O que pode ser uma má idéia, já que esse animal tem um pequeno dente ligado a uma glândula de veneno letal.


E ele pode lançar esse harpão-da-dor-moderfoker em qualquer alvo, inclusive você. Um pequeno Conus pode te dar uma ferroada que vai doer como uma picada de abelha ou vespa, que já é bem desagradável mas não causa nenhum problema mais grave.


Os grandes? Eles atiram com força e velocidade suficiente para atravessar luvas grossas e causam inchaço, dor extrema, paralisia muscular e ainda você pode ficar com uma visão psicodélica vendo tudo através do olhar de um viciado em LSD. Ah, e se não for tratado, você morre.


3- Ornitorrinco


O ornitorrinco parece uma brincadeira de mal gosto de alguém de lá de cima. “Vou botar um mamífero peludo com bico e pata de pato. Ah, pérai. Vou por veneno nas pernas dele também.”


Ele é um dos únicos mamíferos (e digo mamífero porque ele dá leite, senão a classificação dele seria algo bem diferente), que são venenosos. Porque existe uma criatura assim no mundo? Porque ele mora na Austrália. E lá, se você não for muito bizarro, você não se enturma.


A caça do ornitorrinco é bem peculiar: ele detecta vibrações elétricas de contrações musculares das suas vítimas para atacá-las. Bacana, né? Nem tanto. O veneno dele não vai te matar, mas vai fazer você desejar estar morto, e pode durar por meses.


4- Lula Pfeffer’s flamboyant


Com um nome ridículo desse que mais parece um drink chique ou o nome de algum bar gay, você nunca esperaria o mal que essa lula pode te fazer. Afinal, como ficar preocupado com algo tão pequeno e colorido?


Ele só precisa de um implante de nádegas e silicone nos peitos e ele já está pronto para desfilar no carnaval! Mas espere, lembre-se que tudo que é colorido (pelo menos na natureza) é venenoso. E essa é a única lula venenosa do mundo.


A Lula Pfeffer’s flamboyant tem um veneno mortal absoluto e corre por suas veias. Aliás, corre por todo seu corpo. Desde sua pele, tentáculos, olhos, tudo é venenoso nesse animal, o que acaba com toda a graça, né?


5- Golfinhos


Um golfinho na lista? Ah, os golfinhos. Os maconheiros preguiçosos do mar. Adoram passar o tempo dando um rolê por aí, comendo sashimi com escamas, dando saltos mortais na água. Sim, golfinhos são demais.


Exceto pelo fato de que são doentes depravados que praticam infanticídio entre sua própria espécie e estupro em massa. Sim, estupro em massa. Além disso, eles espancam propositalmente Botos até a morte por pura diversão.


Golfinhos também são conhecidos por se aproximar de mergulhadores com intenções suspeitas e se esfregarem neles até obter algum tipo de prazer sexual. E por eles serem tremendamente mais fortes e ágeis que os humanos, as suas vítimas sexuais normalmente saem doloridas desse encontro. Pelo menos uma morte de mergulhadores registrada por ano é atribuida aos golfinhos.

Veja também Os 5 animais com maior expectativa de vida.

O que você acha?

Written by Lucas Thomé

Pra onde dava o buraco que Juliette caiu

Tradição estúpida: jogar gatos na neve