Followers

Conheça uma prisão da Segunda Guerra que foi transformada em hotel de luxo

Mamula, também conhecida como Lastavica ou Rondina, é uma pequena ilha desabitada localizada na Baía de Kotor, no Mar Adriático. Está a mais de seis quilômetros da cidade de Herceg Novi, em Montenegro. Seu nome vem do militar austro-húngaro Lazar Mamula que, em 1853, construiu um pequeno forte. Mas, a partir de 1942, Mussolini ocupou a ilha alojando prisioneiros de guerra das regiões circundantes.

capa1

Após este uso sinistro, o local foi abandonado e gradualmente entrando em ruína. Até que, em 2003, o governo do Montenegro teve a ideia de recuperar o local para um uso mais amigável. Por um contrato de arrendamento de quarenta e nove anos, a empresa egípcia Orascom-Swiss Development Holding AG obteve uma concessão para reabilitar a prisão e transformá-la em um hotel de estância turística, preservando as estruturas originais para recordar a sua importância história. Vem ver!

2 3

A ideia dividiu opiniões que questionavam a moralidade de transformar um local de grande sofrimento em algo que poderia ter um fim frívolo e inconveniente. Alguns questionaram se seria possível fazer o mesmo com Auschwitz, por exemplo. Levando em conta que a população prisional ascendeu a dois mil trezentas pessoas, das quais cento e trinta foram mortos ou morreram de desnutrição.

4 5

A concepção de Mamula, no entanto, foi aceita e a construção dá vida a um hotel de alto nível, pequeno por limitações de espaço, mas dotado de quartos esplêndidos, um restaurante com terraço, piscina, praia privada, spa, pista de dança… Tudo cercado por água e sob o Sol do Mediterrâneo, com a condição de respeitar a paisagem e arquitetura histórica do lugar. Com o objetivo de impulsionar a economia local, o executivo por trás do projeto, teve a aprovação do conselho e até mesmo a Associação de Veteranos da Segunda Guerra Mundial.

6 7

Além disso, esta inversão transformou Mamula em patrimônio histórico e monumental. O investimento é de mais de catorze milhões de euros e entre as ideias está previsto incluir algo em memória de prisioneiros, em particular, um monumento e um museu.

8

Aos que querem saber mais sobre a parte histórica de Mamula podem buscar por um filme iugoslavo intitulado Campo Mamula 1959, conduzido por Velimir Stojanovic. Para mais informações sobre o hotel, acesse o site oficial.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.