Esse post é mais que uma tentativa de te tornar aracnofóbico. Ele é na verdade um desafio meu para você: aposto 2 balas 7 belo que você vai passar a sentir arrepios ao ouvir falar de aranhas.

E você vai ver que a aracnofobia é na verdade um dom. É muito bom e saudável não ter curiosidade de cutucar uma aranha para ver a reação dela.

1- A aranha mais perigosa do mundo

A Aranha-teia-de-funil (Atrax Robustus) é desnecessáriamente agressiva e causa um infarto em um humano em apenas 15 minutos. O engraçado é que esse veneno não surte efeito algum em cachorros, então quando for visitar a Austrália (país natal da aranha), alugue uma matilha de Chiuauas para te acompanhar onde for.

O veneno da fêmea dessa espécie é 6 vezes mais potente do que o do macho. Cientistas ainda não sabem dizer se o veneno mais poderoso é produzido pelo ato de fofocar da fêmea.

2- Aranhas mortais

Tenho uma boa notícia e uma notícia. A boa notícia é que existem mais de 35.000 espécies de aranhas e apenas 27 delas são conhecidas por serem nocivas ao ser humano. A má notícia é que 2 das mais fuckermothers delas vivem no Brasil: a Aranha Marrom (Loxosceles reclusa) e a Viuva Negra (Latrodectus mactans).

Mas não se desespere: os antídotos são bem avançados e só 1% das pessoas morrem das picadas dessas aranhas. O que me leva a uma questão que eu sempre penso e me deixa acordado a noite: e se eu for picado por uma aranha no meio da floresta longe de um hospital? Quem faz essas estatísticas é muito otimista.

3- A aranha mais venenosa

A Aranha-Armadeira (Phoneutria nigriventer), tenho certeza que já ouviu falar dela. Ela é a aranha mais venenosa do mundo e vive aqui no Brasil. Levante os pés agora e veja se não tem uma correndo aí no chão!

E se você pensou: “Hahahá , blog imbecil, é só eu ficar longe de teias”, você falhou miseravelmente. A Aranha-Armadeira prefere andar pelo chão de florestas e casas do que fazer uma teia. Nos EUA ela é chamada de Brazilian Wandering Spider“, que quer dizer “Aranha Andarilha do Brasil” ou “Aranha Nômade do Brasil“.

4- Nem todas aranhas precisam de teias

Seguindo a linha de aranhas-inaceitáveis-que-não-fazem-teias-e-por-isso-não-as-vejo, temos as Aranhas Saltadoras(Salticidae), que dificilmente usam teias para caçar. E se você tem desespero se ver uma aranha pulando em sua direção, essa é a pior delas para você.

Elas tem 8 olhos, o que dá a elas uma visão que cobre praticamente 360 graus. Ao pular, ela deixa uma trilha de teia atrás para seu desespero: se você a tocar, provavelmente terá uma linda aranha pulando no sua cara.

5- Teias gigantescas não são legais

A Aranha australiana (Nephila Edulis), e o resto da sua gangue gigante e anormal do gênero Nephila são simplesmente um modo da natureza castigar os humanos. Elas tecem teias de 1m de diâmetro que são fortes suficientes para prender um pássaro em pleno vôo.

Se fosse acha que “prender um pássaro” é só um fato engraçado, você se enganou. Ela tem as manhas (e o apetite) de o comer inteiro. Aranhas que comem pássaros e morcegos para o café-da-manhã cara. O que o mundo se tornou?

6- A força de uma teia

A teia de aranha é 5 vezes mais forte que aço e 2 vezes mais resistente que um colete à prova de balas. Além disso a teia é capaz de se esticar 30% a mais que seu tamanho original e não quebrar.

Então imagina só cair em uma teia motherfucker de uma aranha Nephila gigante e ter que correr uma São Silvestre para se soltar. Ainda bem que a maioria das aranhas do Brasil são pequenas, hein?

Moral do post: Tenha um Chiuaua para levar mordidas para você.

Veja também 5 animais marinhos que você não acredita que podem te matar.