Chifres no mundo animal não significa o mesmo que para nós, então dessa vez não é culpa de uma desilusão amorosa. A traição no mundo selvagem não é algo anormal, e para falar a verdade esses animais nem se importam.

Pela lógica de Darwin (misturado com a lógica da revista Tititi), esses animais foram muito traídos, e desenvolveram chifres. Ok, chega de piada fraca e vamos ao post.

linha

1- Narval (Monodon monoceros)

narval1

– Esse animal tem de 4 a 5 metros e pesa aproximadamente 1,5 toneladas.

– Tem uma presa em espiral, que na verdade é um dente avantajado. É como um unicórnio obeso que sabe nadar.

narwhal

narwhal1

“Toca aí”

– A presa, que parece um chifre, tem normalmente 3 metros de pura sensualidade.

– E essa presa é cheia de terminações nervosas, que faz com que o Narval sinta qualquer movimento.

narwhal2+Paul+Nicklen+Natgeo+

Os narvais eram e são caçados ainda hoje por causa do marfim de suas presas, que podem valer muito no mercado. A caça de narvais no Canadá é permitida mas com algumas restrições.

narwhal2

Na antiguidade, as presas dos narvais eram conservadas como falsa prova de que Unicórnios existiam, e acreditava-se que elas tinham poderes mágicos e curativos.



2- Lagarto de chifres (Phrynosoma coronatum)

lagarto1

– As escamas do corpo do lagarto se desenvolveram em afiados espinhos.

– Na sua cabeça são onde se encontram os verdadeiros chifres. Jurassic Park style mesmo.

Flat-tailed Horned Lizard - Yuma Area - 05-20-2006033

horned-lizard

– Ele literalmente espirra sangue pelos olhos quando é ameaçado.

– O lagarto tem uma mira precisa e o jato de sangue pode chegar a até 2m de distância.

02b_lrg_horned_lizard_log

A razão pela qual o lagarto de chifres tem esse estranho poder mutante, é que ele consegue aumentar o fluxo de sangue para a cabeça e, por pressão, estourar algum vaso sanguíneo da sua pálpebra e soltar um poderoso jato de sangue. Ele usa o jato para se defender dos predadores os confundindo, e também o gosto não é atrativo para caninos e felinos. Infelizmente o ataque não surte efeitos em pássaros, por alguma razão.

p_cornutum_04_29_02_1

Ele tem um corpo gordo e achatado, e muitas vezes pode ser confundido com um sapo ou rã, mas é na realidade um lagarto. Ele ainda pode desferir seu special move várias vezes em um curto período de tempo.



No vídeo mostra o jato de sangue. Vale a pena ver.


3- Boi de chifres do Texas

boi1

– São bois com chifres enormes que chegam a 2,1 metros de ponta a ponta.

– Ao contrário da sabedoria popular, os chifres não cresceram assim por ser traído pela parceira.

GOALPOST

texas_longhorn2

– Um boi dessa raça com uma boa genética é vendido a $40.000,00. O recorde foi $160.000,00.

– Por causa da sua inteligência, o Boi de chifres do Texas pode ser “cavalgado”.

texas_longhorn_470x312

É dito que o Boi de chifres do Texas é a única raça que pode viver bem em um ambiente inóspito: ele consegue sobreviver apenas comendo capim, cacto e moitas, sendo que ele pode ficar dias sem água.

Texas_Longhorn_Steer_Rocksprings

Ele também é o símbolo do Texas, que é o estado onde mais tem “cowboys” nos Estados Unidos. Os texanos obviamente tem o maior orgulho de falar que são chifrudos andando com suas fivelas com a cara desse boi.



Olha o molejo no andar desse boi para equilibrar os chifres.

4- Peixe-Vaca Chifrudo (Lactoria cornuta)

peixe1

– Esse peixe tem uma cara de mau-humorado, e realmente é. Prefere ficar solitário.

– Ele chega a até 50cm de antipatia.

peixe2

peixe3

– Não há dimorfismo sexual, os dois são chifrudos. Pelo menos um desconta no outro.

– Eles são peixes muito procurados para por em aquários.

peixe4

Além de mau-humorados por estarem descontentes com sua condição de chifrudos, esses peixes são também muito territorialistas por sua preferência pela solidão. Eles tem um péssimo humor pela manhã.

peixe5

E ainda os Peixes-vaca chifrudos são péssimos nadadores e nadam tão lentamente que é fácil capturá-los com a mão. Ele parece que ele tá constantemente de saco cheio e fica entediado de nadar com alguma rapidez.



5- Víbora-de-chifre (Crotalus cerastes)

vibora1

– O outro nome dela é “Víbora-cornuda”. Não, não estou brincando.

– Como outras serpentes da areia, ela rasteja de lado, e por isso anda muito mais rápido.

vibora2

vibora3

– Por causa dessa habilidade, ela nunca deixa mais que metade do corpo no solo. Ela “voa” por cima da areia.

– Seu veneno é violento mas faz poucas vítimas. Já que não tem muita gente no deserto.

vibora4

Essa víbora – inclusive as mulheres chamadas pejorativamente de víboras – é muito traiçoeira. Ela se enterra na areia e fica esperando algum animal desavisado passar perto do seu alcance para atacar.

vibora5

Esses pequenos chifres que nascem na cabeça da víbora ajuda a proteger seus olhos quando se enterram na areia. E protegem também quando “voam” jogando areia para todo lado com seu movimento descoordenado dançando lambada.

Vejam como é bizarro andar de lado.

Veja também Os 6 felinos mais diferentes do mundo